segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Toda sorrisos!

Na contagem regressiva: Marido chega na sexta depois de DOIS meses fora de casa!
E eu??? Todaaaaa sorrisos né?

A parte ruim de ter um marido transfertista é que passo a maior parte do tempo sozinha, e quase não saio. Mas a parte boa é que a cada retorno dele a casa, parece que é a nossa primeira vez, voltamos ao primeiro dia que nos conhecemos, provamos as mesmas emoçoes!
Eu vou sempre buscar ele na estaçao de trem ( na mesma a qual ele parte e fico vendo ele ir embora todos os meses), e meu coraçao dispara quando escuto anunciarem que o trem vindo de Roma Termini está para parar naquela plataforma.

Tem muitas mulheres que não conseguem viver dessa forma, mas eu por ter trabalhado no mesmo ramo por 10 anos encaro numa boa!
Todas as meninas que sao casadas com os amigos do meu marido, tem a sorte de que eles nao viajam nunca! E quando viajam, as mulheres piram! Imagine entao se elas morassem fora do paìs com um marido transfertista?

É claro que eu adoraria ir a todas as viagens com ele, ou entao, que ele ficasse mais em casa! Claro que sim! Só que, na falta disso, eu tenho que me bastar ora bolas!
A minha propria companhia deve ser a melhor, pois se estou bem comigo mesma, se sou feliz sozinha, entao posso compartilhar a minha felicidade para fazer quem està ao meu lado feliz, nao é mesmo?

Vejo que muitas pessoas depositam a sua propria existencia nas maos de outra pessoa, e ai è muito facil se decepcionar. E tambèm vejo muitas pessoas que jamais abririam a mao das proprias coisas para estar ao lado do seu amor.
Essa è uma coisa muito pessoal e muito relativa... cada um conhece os proprios sentimentos e limites, mas pensando bem, o amor nao admite egoismo.

Se uma pessoa nao pode se sacrificar em nome do amor, entao dificilmente ela conseguirà ser feliz.
Sei que eu abriria mao de todas as coisas novamente, porque sei como me sinto, e sei o quanto sou feliz ao lado do meu marido.

E ele tà voltandooooo minha gente... feliz que sò! :)






2 comentários:

  1. Nossa Carol! Concordo! Vc tem que se bastar ora bolas! E que bom que vc é uma mulher incrível e lida muito bem com isso! Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada por expressar a sua opiniao!