segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Algumas razoes para ter antipatia pelos italianos

Nao quero ofender ninguem nao, mas hoje (como todos os dias) lendo uma reportagem no jornal italiano Corriere della Sera, me deparei com a seguinte noticia:


As 8 horas, liçao de integraçao: amigos mas somente nos bancos da escola
Segundo pesquisas: a freiar sao os pais italianos

Para quem quiser ler a reportagem inteira (em italiano) està aqui.
Bom... pra quem como eu è expatriada sabe como è as vezes dificil se integrar em um novo pais com uma cultura tao diferente da nossa.
Considerando o fato de que somos brasileiros, è pior ainda... porque NUNCA teremos o mesmo retorno e tratamento que teriamos no Brasil.
Vc sai na rua sorrindo igual uma iena, e a cambada nem "tchuns" pra voce.

Mas isso nao è nada! O que me faz ter sempre mais antipatia pelo italiano em geral è o preconceito e a mente limitada quando o assunto è "estrangeiros".
Nao importa a sua nacionalidade, e tao menos o motivo que te trouxe na Italia: eles SEMPRE GENERALIZAM.

Se voce conhecer um italiano diferente, certamente è um italiano que migrou ou que viaja e tem a mente aberta para outras culturas.

A reportagem fala que as crianças estrangeiras e as italianas sò se integram na escola, mas que quando voltam pra casa essa integraçao deixa de existir.

Italianos nao frequentam estrangeiros (nao porque a criança tenha preconceito, diz na reportagem que 65% dos italianinhos nao se veem diferentes dos estrangeiros) por culpa dos pais!
Os pais proibem os filhos de se relacionar com estrangeiros, e como PLUS, muitas escolas estao separando as classes de Estrangeiros x Italianos.

Atè ai posso atè entender uma UNICA motivaçao: familias indianas, chinesas e de algumas outras nacionalidades NAO PRATICAM a lingua italiana entre eles, o que causa certa dificuldade de aprendizado das crianças na escola, e em consequencia torna lento o aprendizado da turma como um todo.

POREM, nao è dito isso! Visto que vejo crianças estrangeiras que falam MIL VEZES melhor italiano do que um italiano! Ontem mesmo fui na casa de uma russa casada com um marroquino, e os dois filhos do casal falam italiano PERFEITAMENTE!!! (melhor que meu marido que è um caipirao)

Mas essas crianças (desse casal e de mtos outros casais estrangeiros) NUNCA SERAO consideradas italianas mesmo que tenham nascido aqui!

Pergunte a uma criança italiana, qual a nacionalidade do amiguinho da escola filho de um marroquino??? ELE SERA SEMPRE MARROQUINO!!!
O dia que eu tiver meu filho (no meu caso è diferente porque meu marido è italiano), ele serà italiano, mas se voce perguntar a qualquer outra pessoa qual serà a nacionalidade do meu filho, eles sempre responderao: BRASILEIRO!

Italiano è RACISTA! E isso è fato!
Mas sò nao racista de cor... eles sao XENOFOBICOS!

E nem venha com historinha de que voce veio ou que voce vem na Italia todos os anos e que isso nunca aconteceu... ser turista nao te dà noçao de nada... voce pode vir de férias a Italia 1 vez ao ano por 50 anos que voce nunca irà conhecer o italiano verdadeiramente.

Eu tenho que agradecer porque realmente nunca passei por nenhuma situaçao grave de preconceito, mas claro que tb sinto dificuldade de integraçao.
Posso contar no dedo MESMO quantos amigos italianos eu tenho. O restante è estrangeiro!

Ai ontem no mesmo jornal falavam sobre os imigrantes romenos que ja sao 1 milhao na Italia.
E ai um moooonte de comentarios terriveis dos italianos.
Gente... eles sao o povo mais connhecido ao mundo por imigrar no pais dos outros... agora entao com a crise...
Mas pro italiano o estrangeiro vem SUGAR o dinheiro da naçao, enquanto eles... SERES SUPERIORES vao buscar uma vida melhor!

Enfim... nao quero me prolongar nesse post porque eu ficaria HORAS escrevendo sobre o assunto e tb porque nao quero polemizar muito... mas antes deixo com voces alguns comentarios (que vou deixar com nomes e fotos visto que foram postados em um lugar publico, e sao comentarios publicos...) pra voces lerem do que estou falando e vou traduzir so as melhores (ou piores...)!













7 comentários:

  1. E dificil engolir essas coisas ne?Me preucupo muito se eu parir aqui um dia se meu filho(a) ira passar por alguma situaçao do genero,temo muito essa questao...enqnto isso pedindo a deus pra abrir o coraçao desse povo.rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Aqui na Holanda também não é muito diferente. Mesmo meu marido sendo holandês "puro", o nosso filho (se tívessemos um) seria sempre visto como filho de estrangeiro. Há denominações até pra "holandeses de verdade" e os "misturados". Aqui também há as escolas "brancas"e "negras" para estrangeiros diversos mesmo que estes tenham nascido na Holanda. Triste, né? É muita intolerância na humanidade.

    ResponderExcluir
  3. Carol, que saudade do seu blog (ando sem internet e perdendo tudinho por aqui).
    Fico arrasada com esse tipo de coisa em pleno o século 21. Me pego pensando em quando vivi no Canadá e me lembro de me sentir sempre muito bem vinda nos vários grupos com os quais fiz amizade e por isso acho estranho essa atitude italiana. Mas ai, claro, entram inúmeras variáveis que eu nem saberia discutir.
    Esses dias lembrei de vc enquanto assistia televisão. Disseram no programa da Fátima Bernardes que as sogras italianas são as piores rs. Nem vou perguntar se procede.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu tô passada com a mente pequena e o preconceito! Como assim?? Pais proibirem os filhos de se relacionarem com outras crianças pq tem um background um pouco diferente?? Isso devia dar cadeia, isso sim!
    Quanto a nacionalidade... Suecos são igualzinhos. Aqui meu filho nunca vai ser sueco, sempre será brasileiro. Um dia uma criatura que tem pais chilenos, mas nasceu aqui na Suécia comentou assim: Não sei pq os brasileiros se vangloriam tanto de ter a Gisele Bundchen, ela nem brasileira é?! Eu respondi: Que eu saiba ela nasceu no Brasil e isso faz isso dela brasileira. Ela replicou: Mas os pais são alemães... E blá,blá,blá...
    Eu nem discuti essa ignorância, né? Só terminei dizendo assim: Ah! Mas nós não temos só a Gisele para nos vangloriarmos não... Nós temos a Alessandra Ambrósio, a Adriana Lima, Raquel Zizerman... E tantas outras.

    ResponderExcluir
  5. odeio concordar com vc pq gostaria que fosse mentira mas não é. vc tá certa. e tá cheio de página racista na internet, no próprio face, os italianos estão malucos e impressionante que com máfia, roubalheira e muita muita corrupção na política esse povo não consiga enxergar um palmo além do narigão deles e ver o real problema. essa semana msm, vendo Le Iene, denunciaram vários casos de corrupção e tal, e os italianos? não reagem! vão lá pro face reclamar e depois tudo bem, tem pizza, macarrão, a melhor comida do mundo, a Itália é bella e blablablá e nada muda. olha, se a gente fosse botar numa lista... eu tento nem ler muito essas coisas, principalmente os comentários nas matérias pois passo mal. eu tenho muito medo do que possa vir a acontecer se essa crise agravar.

    ResponderExcluir
  6. Os muçulmanos sao parasitas realmente, conheço marroquinos que vivem sem trabalhar e nao pagam nem onibus. Por uns outros pagam, os italiano nao tem filhos e o pais esta super lotado de Afros e etc... As pessoas se assustam. Tem cidades pequenas com mais estrangeiros que italianos. Realmente nesse ponto entendo o medo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. País lotado de "afros"? Desculpe... Mas pra quem vem de um país de mestiços é estranho ouvir isso!
      De qq forma eu respeito o teu ponto de vista, mas nao aceitarei nunca o PRE-conceito ou a generalizaçao... Cada individuo è um individuo! Conheco muitos italianos parasitas tb... E conheço marroquinhos, albaneses e romenos incriveis e trabalhadores... Sei la... Nao gosto de generalizacoes!
      Bjs

      Excluir

Obrigada por expressar a sua opiniao!