terça-feira, 29 de março de 2016

Sobre a curetagem...

Contei pra voces sobre a felicidade de estar gravida e o drama de descobrir que teria que abortar.
Uma semana passou, e hoje me sinto mais tranquila em escrever sobre isso tudo.

Seria mais facil falar, mas como eu nao gosto de gravar videos aja dedo! Porque a historia foi longa...

Continuando de onde parei no outro post, dia 15/03, ao fazer a minha segunda ultra (da 10 semana) descobri de possuir um "ovo cego"


A gravidez anembrionária (ou anembrionada) acontece quando, ao fazer uma ultrassonografia, no primeiro trimestre da gravidez, o saco gestacional aparece vazio, sem embrião dentro. É o chamado "ovo cego", ou seja, o óvulo fertilizado implantou-se no útero, mas o embrião não se desenvolveu. 

Esse tipo de gravidez pode acontecer com qualquer mulher, e a maioria delas consegue ter gestações normais depois. 

Pode não haver nenhum sinal, como dor ou sangramento, de que a gravidez não está se encaminhando como deveria. Os hormônios podem fazer a mulher se sentir ainda grávida, embora às vezes os níveis comecem a cair, diminuindo as mudanças no corpo (os seios podem ficar menos sensíveis, por exemplo). Geralmente, a mulher só fica sabendo que algo está errado quando passa pelo primeiro ultrassom

Apesar de as causas não serem totalmente identificadas, a gestação anembrionária costuma ser considerada um acidente da natureza. Quando um óvulo é fertilizado por um espermatozoide, as células começam a se dividir. Algumas se desenvolvem em forma de embrião, outras em forma da placenta e do saco gestacional. 

Fonte: Baby Center
No meu caso, eu tinha o saco gestacional com a placenta, e nao tive diminuicao do Beta HCG. Meus seios estavam enormes, minha barriga estava crescendo, enjoos absurdos..
Ao fazer a ultra, a medica chamou outras tres medicas para ver se ela estava errada ou nao, e ali comecou a bater o desespero. 
Massimo que estava do meu lado o tempo todo, tentava me consolar, mas nao tinha muito o que fazer.

Me encaminharam para o hospital com urgencia, e eu fui rapidamente là falar com o obstetra de plantao. (eu vou falar nomes, pois tem muita gente envolvida na historia e se eu nao identificar, fica dificil contar a historia toda).

Quem me atendeu, foi um medico super gentil chamado Mauro, que naquele instante, estava super ocupado e me pediu gentilmente q eu voltasse em 2 horas, pois ai ele poderia me dar toda a atençao do mundo. 
Ele me abraçou (porque eu chorava) e pediu que eu ficasse tranquila.

As 14 hrs voltei, e fiquei na salinha de espera, aguardando que ele viesse me atender, mas ele nao apareceu. Esperei meia hora, e ai veio uma medica ginecologista, chamada Palazzi, e eu expliquei para ela a situaçao.
Ela tambem foi super querida comigo, e pediu que eu acompanhasse uma outraaaaa medica na sala para fazer uma outra ultra.
Fiz a ultra, e de fato nao aparecia o embriao. A medica entao me passou o controle de 48 hrs de Beta HCG. 
Em pratica eu tive que fazer exame de sangue a cada 48 hrs para ver se o hormonio abaixava valores. 

Com o resultado dos exames, voltei no hospital, e quem me atendeu foi um medico chamado Catania. 
Olhou os resultados, olhou para mim e disse: dia 01/04 voce volta aqui que vou te fazer a curetagem!

Assim mesmo, com a frieza de um Iceberg. 
Minha sogra que estava comigo, me olhou e começou a rodar a baiana com ele:

"Tà pensando o que? Que ela vai ficar com um "embriao morto" dentro da barriga por esse tempo todo? Naoooo!!! Voce tem que ser mais humado doutor!"

Ai o cara saiu da sala e disse: "Espera ai que eu vou ver o que posso fazer"
Eram 14 hrs... deu 15hrs, 16hrs... e o cara nao voltou!!!

Ai nisso passou pelo corredor a ginecologista da minha sogra: Mazzetti.
Minha sogra agarrou ela pelo braço e falou poucas e boas.

Daqui a pouco vem o Catania e diz, na porta da sala de espera, na frente de todo mundo, gritando:

"Venha amanha para a curetagem"

E foi embora!
Corri atras dele e perguntei: devo fazer jejum, devo permanecer no hospital, devo ter alguem para me acompanhar???
E ele: faz jejum de 12 hrs.
E foi embora!

Minha sogra correu atras da Mazzetti e pediu para que ela viesse fazer o papel dela, como ginecologista, mulher, e HUMANA!
Ela me explicou o intervento e foi tudo super tranquilo.

Ai voce esta me perguntando: "Mas Carol, voce nao tem um ginecologista?"
Sim! Eu tenho. Mas como eu estava acompanhando a gravidez pelo Sistema Publico de Saude, nao posso escolher o medico, tenho que ir ao Hospital, e me atende quem estiver de plantao.
A sorte è que o hospital è pequeno, entao conhecemos todos os ginecologistas e obstetras.

Cheguei no hospital no dia seguinte as 09:00, e esperei ate as 13:00 para me internarem.
Ai veio o tal do Catania, me "internar" e preparar tudo para a cirurgia.
Entrevista com a anestesista, exames de sangue...
O cara me tratando super mal, me jogou numa sala sozinha e disse: "preencha voce a tua ficha!" (aquela entrevista basica que o medico faz antes de uma cirurgia... eu fiz sozinha!)

Fiquei das 13:00 atè as 17:00 esperando pelo intervento, em jejum.
As 17:00 mudaram o turno, e gracas a Deus ele foi embora. Mas como è uma cirurgia Day Hospital, eu teria que voltar pra casa no mesmo dia.
Mas operando depois das 17hrs, era impossivel.

Foi quando tive uma visao do paraiso: meu ginecologista, o doutor Sacchetti apareceu na porta e disse: vc vai dormir aqui ta, mas eu vou te operar!
Gente, foi a melhor coisa que poderia ter acontecido.

Me prepararam (fiquei de roupao como uma cirurgia normal), veio a "maqueira" e me levou para a sala.
Ai chegou a anestesista, me fez assinar uns papeis... veio uma enfermeira, amarrou meus dois bracos, colocou a anestesia em um deles, ai chegou meu medico.

Olhou para mim e disse;

" Carolina, eu sei que voce està arrasada, eu conversei com a sua sogra no corredor. Eu quero dizer que sao coisas que acontecem, que daqui a dois meses voce vai tentar novamente sob minha orientacao, e que logo logo vc vai estar contente com o seu bebezinho. Mas te suplico, antes que eu comece, libere toda a frustracao e tristeza que eu sei que vc tem ai dentro.
Sei que voce queria que o teu marido estivesse aqui com voce, mas quero que voce saiba que nòs estamos aqui com voce te daremos todo suporte que voce precisar!"

Eu abri o berreiro toda amarrada... e ele me consolava passando a mao no meu cabelo.
Foi o momento que realmente me liberei de toda a tensao.

Ai a anestesista me avisou que começaria e que eu iria dormir profundamente.
Tudo durou 10 minutos, e logo depois acordei novamente, dei tchau a anestesista e fui pro quarto.


A cirurgia em si demora pouquissimo. A anestesia nao è geral.
Primeiro eles "aspiram" os residuos da gravidez e depois com uma especie de colher gigante raspam o endometrio levemente. O resto depende do nosso corpo.

A noite foi tranquila. Obviamente "menstruei" naquela mesma noite. Tive um pouco de colica, e no dia seguinte voltei para casa.
Dormi bastante nos primeiros dias. Evitei fazer esforço fisico.

Tive contraçoes, e elas foram chatinhas!!! Mas tudo suportavel.
Enfrentei tudo sozinha. Sozinha nao... Deus è sempre comigo!

Dois dias depois ja estava dirigindo.
Domingo retomei minhas atividades fisicas.
Semana que vem farei o Beta HCG pra ver se està tudo ok. Dia 16/05 farei o preventivo, e qdo descer a proxima menstruaçao, volto no gineco pra ver se a cirurgia deu certo e comecar o processo para uma nova gravidez.

Ok! Voces agora conhecem a minha vida ginecologica inteira! hehehe

Mas o que queria dizer è que è muito dificil passar por uma situaçao desse tipo. Mas que existem coisas muito mais complicadas na vida.
Voces lembram que o meu medico tinha dito que eu teria que fazer tratamento para engravidar??? Pois entao? Descobri que meu corpo è funcionante!!!

Essa experiencia me fez ver as coisas com outros olhos, e ao Massimo tb.
Ele viu como ser mae è importante para mim. E mesmo longe, ele foi maravilhoso comigo, nao deixou a desejar em nada a ausencia.

Tudo nessa vida tem um proposito, e eu entendi porque eu tive que passar por isso.
E em breve estarei tentando novamente.

Ahhh enquanto isso, voltei a trabalhar no Castelo! Distrair a mente è sempre bom.

Desculpem a ausencia.
Um beijo a todos.

6 comentários:

  1. Que barra ter que aturar tudo isso e ainda lidar com esse traste desse médico. Absurdo essa criatura estar numa profissão dessa. Gostei de ver como sua sogra se impôs em sua defesa, como acompanho seu blog e sei do temperamento dela não esperava isso, foi bacana. Dois meses passam rápido, ainda bem, e você vai poder tentar novamente e com certeza obterá êxito. Tô super animada, até parece que sou eu que serei a grávida. kkkkk. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Carol, eu não tinha lido o post da gravidez. Sinto muitíssimo por tudo, de coração. Imaginei toda essa sua dor e sofri com vc.
    Espero que esteja melhor agora. Fiquei feliz e emocionada com a sua fé. Vc é uma fortaleza.
    Deus te cuide, minha querida.
    xx

    ResponderExcluir
  3. É, Carol, uma página virada e encerrada. Realmente é um momento muito delicado. Ainda bem que sua sogra e o seu médico estavam contigo, olha só como as coisas são. Deu tudo certo. Agora é uma questão de tempo e vai ficar tudo bem. Que legal que está trabalhando...bacana! Bjs

    ResponderExcluir
  4. OI Carol, muito dolorido ler esse relato.
    Se deve ter sido duro ter perdido o primeiro baby e ainda ter que passar por todas essas etapas.
    TRriste ver como alguns não tem o menor calor humano, não? Me pergunto o que essas criaturas fazem na área de medicina, se não dão valor ao ser humano. Affff
    Mas isso não importa, o importante que a sua família esteve do seu lado, você conseguiu achar algo positivo nisso tudo e apesar do choque grande não desistiu do sonho de ser mãe.
    Já é uma guerreira!
    Deus te abencoe.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Muito triste Carol, só o tempo pode amenizar essas dores, muita forca pra vc.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  6. Oi carol!
    Sumi do meundo virtual e hoje fuxicando me deparo com seu relato emocionante!! A vida é assim mesmo às vezes nao sai tudo como a gente quer...
    Bjs, saúde e fé!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por expressar a sua opiniao!